Governador vistoria obras de ampliação do aeroporto de Rondonópolis

O governador Silval Barbosa visitou no último dia 16.08, as obras de ampliação do aeroporto Maestro Marinho Franco de Rondonópolis. Será construída uma nova pista de 2.640 metros, além da pista de apoio. A obra está orçada em R$ 21 milhões e com a ampliação, o aeroporto de Rondonópolis estará apto para receber pousos e decolagens de aviões de grande porte, tornando-se assim, uma alternativa para o aeroporto de Cuiabá no período da Copa do Mundo. Os recursos para a obra são do Programa de Desenvolvimento Sustentável do Turismo - Prodestur, do BNDES.

 



Silval lembrou outras obras que irão melhorar a logística do município, como a chegada da Ferronorte, a duplicação da BR-163/364 entre Rondonópolis e o Posto Gil, assim como a construção da Estrada Verde, que ligará o município até a capital por meio do distrito de Fátima de São Lourenço. “Rondonópolis vai receber a ferrovia, por aqui passam duas importantes rodovias, então, nada mais justo do que um aeroporto que irá corresponder as expectativas da cidade”, disse o governador.

 


Mais cedo, Silval também visitou as obras de canalização e revitalização do córrego do canivete, no centro da cidade. “Estamos revitalizando 2.400 metros do córrego, em uma obra que já se fazia necessária há muitos anos, porque sempre que chove, a população ao seu redor sofria muito”, disse.

 

O secretário de Estado de Desenvolvimento do Turismo (Sedtur), Jairo Pradela, acompanhou o governador na visita e destacou a importância das obras da ampliação do aeroporto para o município de Rondonópolis. “Além dos aspecto turístico, a ampliação do aeroporto também terá um impacto positivo na economia”.

 

Em fevereiro, a Sedtur e o Banco do Brasil verificaram in loco a situação de 13 aeroportos de Mato Grosso que foram contemplados com o Programa de Investimentos em Logística de Aeroportos Regionais - desenvolvido pela Secretaria de Aviação Civil (SAC), órgão vinculado a Presidência da República.

 

Foram visitados os aeroportos de Rondonópolis, Barra do Garças, São Felix do Araguaia e Vila Rica. Na terça, (26.02) serão Matupá, Alta Floresta, Juína, Jaura e Sinop e na quarta, Lucas do Rio Verde, Tangará da Serra, Pontes e Lacerda e Cáceres.

 

O objetivo da visita, segundo o secretário Jairo Pradela, foi levantar informações das intervenções que serão necessárias realizar em cada aeroporto.

 

O programa contempla seção contra incêndio, cercamento, central de utilidades, equipamentos, torre de comando, pista, terminal de passageiros, pátio e estacionamento”, disse.

 


Já para as obras dos 13 aeroportos os recursos são provenientes do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) e será de R$ 330 milhões, sendo o valor total em investimentos de R$ 7,3 bilhões para 270 aeródromos regionais em todo país.

 

O Programa está amparado pela Medida Provisória 600, onde estabelece o contrato com o Banco do Brasil para a realização do projeto e permite que o mesmo utilize o Regime Diferenciado de Contratações Públicas para consecução dos projetos firmados com a SAC e a Casa Civil da Presidência. 





Últimas Notícias

  • Skalla Motel
  • Studio Fotográfico Ronny Cajango - Banner Lateral
  • Colcci Moda
  • Pousada Rosa dos Ventos - Banner Lateral

Guia de
Pousadas

Newsletter

receba em seu email notícias, dicas e promoções.