Home
Galeria de Fotos
Carnaval
Exposul 2013
Mega Leilão 2011
Todos os Eventos
Notícias
Portal Turismo
Vídeos
Contato
[Fale Conosco]
Cine.com

NOTICIAS
02/12/2015 - Nova fase da Ararath apura rombo de R$ 17 mi em interesse da organização criminosa; 17 ordens são cumpridas


 
A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira, 02 de dezembro, a nona fase da operação Ararath. Estão sendo cumpridos entre Cuiabá e Várzea Grande 11 mandados de busca e apreensão e seis mandados de condução coercitiva. Leia Mais: Ararath: preso preventivamente por duas vezes e condenado a 69 anos, Eder terá que explicar “laranjas” A operação visa desarticular mais um braço da organização criminosa, que segundo as investigações, estaria adquirindo empresas em nome de terceiros. Além disso, pagamentos estariam sendo efetuados através de instituições financeiras clandestinas (operadores financeiros), que ainda não tinham sido relacionadas nas investigações. Os mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva foram expedidos pela 5ª Vara Federal de Mato Grosso. De acordo com a Polícia Federal em Mato Grosso, constatou-se pagamentos de aproximadamente R$ 17 milhões no interesse da organização criminosa. A constatação veio após análise de documentos apreendidos em fases anteriores da Ararath e provas compartilhadas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região relacionadas à Operação MIQUEIAS, deflagrada pela Polícia Federal no Distrito Federal em setembro de 2013. São investigados crimes, conforme a Polícia Federal, de operar instituição financeira clandestina, artigo 16 da Lei 7.492/86, crimes contra a administração pública, artigo 317 do Código Penal, lavagem de dinheiro, artigo 1º da Lei 9.613/98 e o crime de organização criminosa, artigo 2º Lei 12.850/2013. 09h31 - A delegada Heloísa Faveri é responsável pela apuração do caso. 09h10 - A PF não confirmou a identidade de nenhum dos conduzidos coercitivamente, mas uma das pessoas encaminhadas a prestar esclarecimentos já foi liberada. 09h08 -Os alvos dessa vez, na operação, são empresários e pessoas 'comuns'. A assessoria confirmou que não há nenhum servidor público envolvido ou políticos. 09h05 - A Polícia Federal confirmou que um mandado de prisão foi cumprido em Várzea Grande e os demais em Cuiabá. 08h18 - A PF confirma que alguns dos conduzidos prestam depoimento.
Fonte: olhar direto

publi

 
 
Portal de Eventos MT © 2011. Todos os direitos reservados | você é o nosso visitante n°