Home
Galeria de Fotos
Carnaval
Exposul 2013
Mega Leilão 2011
Todos os Eventos
Notícias
Portal Turismo
Vídeos
Contato
[Fale Conosco]
Cine.com

NOTICIAS
05/06/2014 - Sem divulgação, nenhum leito em casas é reservado para a Copa em MT


 

Coordenador de programa avalia que houve pouca divulgação no exterior.
Já o programa de locação teve maior procura e 56 casas foram alugadas.

A exatamente uma semana da Copa do Mundo, nenhum leito de hospedagem em residências de moradores de Cuiabá foi reservado para o período do mundial. Fazer com que os cuiabanos abrissem suas casas para hospedar turistas foi uma das alternativas encontradas pelo governo do estado para suprir o déficit de leitos na rede hoteleira. Porém, até agora não houve procura por meio do programa 'Cama e Café' e, na avaliação da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), faltou divulgação dos programas de hospedagem alternativa em outros países.

Esse trabalho de divulgação deveria ser feito pelo Ministério do Turismo e pela Empresa Brasileira de Turismo (Embratur). "Precisava de divulgação no exterior. Foram definidas algumas ações que ficaram a cargo do Ministério do Turismo e da Embratur, mas essas ações acabaram não acontecendo e não houve divulgação como deveria", analisou o coordenador dos programas de hospedagem alternativa da Secopa, Paulo Fernandes.

A baixa procura também pode ser justificada com o fato de que alguns torcedores só permanecerão na cidade no dia da partida e, na mesma data, seguirão para outra capital onde a seleção do seu país irá jogar posteriormente. Além disso, muitos turistas, chamados de 'mochileiros', devem se acomodar em barracas em chácaras localizadas nas saídas de Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da capital.

E-mail para torcedores
Nesse período em que Cuiabá está prestes a receber turistas de oito países que irão jogar na Arena Pantanal, a saída emergencial encontrada pelo governo foi solicitar da Fifa o e-mail dos torcedores que compraram ingressos para assistir aos jogos na capital mato-grossense e informá-los sobre as alternativas de hospedagem, já que na rede hoteleira não há vagas disponíveis. A estimativa do Ministério do Turismo é de que mais de 170 mil torcedores desembarquem em Cuiabá nos 15 dias de jogos.

Já por meio do Cama e Café são oferecidos 2.100 leitos. As famílias escolhidas para participar do programa passaram por um processo de qualificação para receber os turistas em suas casas. Para se encaixar nos critérios do programa, alguns proprietários tiveram de fazer algumas adequações no imóvel e isso é lamentável, na avaliação de Fernandes. "Os proprietários fizeram reforma nas casas para receber os turistas e gastaram com isso na expectativa de  obter retorno".

Entre os critérios estava a obrigatoriedade de climatização adequada, mobiliários em boas condições de uso e decoração e ambientação adequadas.

Maior procura
O programa 'Aluguel Cuiabá', apesar de ter sido lançado depois do 'Cama e Café', teve maior sucesso. Até agora 56 imóveis já foram alugados para a Copa, segundo o coordenador do programa. Existem imóveis com diárias de até R$ 15 mil, porém, têm espaço para acomodar várias pessoas. A diária de uma casa situada no Bairro Santa Rosa, nas proximidades da Arena Pantanal, por exemplo, custa R$ 5 mil e tem capacidade para abrigar 15 pessoas.

Ao todo, 427 casas foram disponibilizadas para locação em Cuiabá durante o mundial, totalizando 4.152 leitos. A expectativa é de que até a próxima semana novas reservas sejam feitas e, com essa sobra, a falta de acomodações deve deixar de ser preocupação.

Fonte: G1

publi

 
 
Portal de Eventos MT © 2011. Todos os direitos reservados | você é o nosso visitante n°