Home
Galeria de Fotos
Carnaval
Exposul 2013
Mega Leilão 2011
Todos os Eventos
Notícias
Portal Turismo
Vídeos
Contato
[Fale Conosco]
Cine.com

NOTICIAS
11/03/2014 - Para viver traficante, Cauã Reymond convive com moradores do Alemão Filme ‘Alemão’ teve pré-estreia na noite de segunda-feira (10). Diretor mesclou cenas de dramaturgia com registros reais.


 
A ocupação do Conjunto de Favelas do Alemão, na Zona Norte do Rio, ocorrida em novembro de 2010, é o tema do filme “Alemão”, que teve pré-estreia na noite de segunda-feira (10). Para viver um traficante o ator Cauã Reymond conviveu com moradores da favela, que viverem sob o domínio do tráfico. O filme estará nas salas de cinema a partir de 13 de março. A classificação é 16 anos. Para compor as personagens os atores tiveram encontros também com policiais, além de moradores do Alemão. O traficante vivido por Cauã Reymond nasceu depois de muitas conversas com pessoas que viveram sob domínio do tráfico de drogas. Inicialmente escalado para viver um dos policiais, ele pediu para fazer o bandido. “Para mim foi um desafio. Eu quis me desafiar e graças a Deus eles acolheram”, contou o ator. Uma história de ficção, num cenário real. A ocupação militar entrou para a história e mudou a história do Rio. Segundo o diretor José Eduardo Belmonte, o filme reproduz uma época emblemática para o Brasil. “Bastante tensão, é uma história que mexe com nervos e reproduz um pouco essa época que foi muito emblemática para história do país”, diz o diretor. O filme “Alemão” conta o drama de cinco policiais infiltrados na comunidade. Dias antes da ocupação, eles são descobertos por um dos chefões do tráfico. Um dos criminosos do bando foi interpretado pelo rapper MC Smith, morador da Penha, bairro vizinho ao Alemão. “Na vida real eu sou um cara sensível, um cara família, e um cara que trafica informação e arte” seu autodefiniu o rapper. Antônio Fagundes faz uma participação especial como o delegado responsável pela missão, e pai do policial vivido por Caio Blat. “Acho que é um tour completo, tem política, tem sociologia e tem muita violência, muita emoção”, disse o ator.
Fonte: G1

publi

 
 
Portal de Eventos MT © 2011. Todos os direitos reservados | você é o nosso visitante n°